quarta-feira, setembro 25, 2013

Pasmados

Pasmados. Sei que o nome reporta a um vinho da José Maria da Fonseca, mas não consegui evitar, mais uma vez, desviar-me do assunto. O nome lembra aquele estado de espírito em que ficamos Pasmados com aquilo que vemos, com aquilo que ouvimos, com tudo e mais alguma coisa. Hoje saí pasmado. Cheguei ao destino, seja ele qualquer for, completamente pasmado com o que tinha de acabado de assistir.


lata e a cara de pau pareceu-me ter ultrapassado os limites do tolerável. Fiquei , por isso, pasmado e sem palavras. Fiquei ainda mais pasmado ao reparar que não havia mais Pasmados como eu. Fiquei, literalmente, a pensar que seria o único a pensar de forma enviesada. Por isso, enquanto estive lá, fiquei sempre com cara de pasmado.


Mas porque parece mal não dizer nada, posso dizer-vos que fiquei, também, pasmado com o ano da colheita do vinho: 2009. Pensei que tinha sido um qualquer engano, mas não. É mesmo assim. Quatro anos depois, é lançada a nova colheita de Pasmados. Fiquei, como devem perceber, pasmado. Trata-se de um vinho gordo e dourado de cor, com corpo amplo. Pasmados?

Post Sriptum: O vinho, que surge na foto, foi oferecido pelo Produtor.

2 comentários:

Pasmado estou eu disse...

Isto é o quê? Vocês recebem vinho para isto?

Pingus Vinicus disse...

Para nada. Também pergunto o mesmo!