terça-feira, Setembro 10, 2013

Momento Ousado: Alvarinho by Anselmo Mendes

Não sei se houve ousadia, nem sei se foi resultado de um qualquer momento ousado. Alguma coisa, por certo, terá acontecido algures para que se escarrapache uma coisa deste género: Momento Ousado. O que eu sei, e por culpa própria, é que há muito tempo não tinha um momento com um single alvarinho by Anselmo Mendes. 




E desculpem-me aqueles que controlam os sentimentos, que dominam as emoções, que fazem tudo às horas certas, by the book, e que evitam, ao máximo dizer ou proferir afirmações gerais, mas eu tenho que largar esta patacoada: Gostei, pra caramba, deste vinho. Um vinho repleto de cheiros insinuantes, com uma delicadeza quase extrema, que nos envolve tal mulher numa noite de amor e ousadia, em que ela, a mulher, nos domina por completo.

2 comentários:

Flavio Henrique disse...

Caro Pingus,
Mais uma bela postagem. Anselmo Mendes é um craque. Eu adoro seus vinhos. Ainda não bebi este Momento Ousado, mas procurarei fazê-lo.
Abraços,
Flavio

Pingus Vinicus disse...

Flávio, obrigado. De facto fiquei bastante impressionado com este vinho, talvez por que há muito não bebia um alvarinho.

Um abraço