sexta-feira, dezembro 07, 2012

Club Expert: Bourgogne vs Lussac Saint-Emilion

Este será, porventura, mais um passo para a desclassificação (definitiva) do Pingas no Copo. Um autêntico downgrade, em consonância com o estado da (nossa) nação. Ainda assim, atrevo-me a lançar uma pequena ferroada: Continua a ser doentio, o pretenso emproar de muitos escritores (onde os blogs se incluem), que fogem a sete pés de vinhos que não têm, simplesmente nome, marca ou status. Ficam-se, meramente, pela auto satisfação e pelo auto exibicionismo. Devia haver, efectivo, serviço público. Infelizmente não há.



É com petulância que espeto aqui dois vinhos de marca branca. Desta vez, e com pouco mais de finura, os vinhos são franceses e são vendidos numa cadeia de supermercados, também francesa. Um diz que é da Bourgogne e o outro refere que é Lussac Saint-Emilion. Ambos da colheita de 2010. Produtos resultantes de uma suposta selection des vignobles para um club expert ou expert club.Tudo muito pomposo.
 

Sobre os vinhos, e para os interessados, revelaram ser líquidos bebíveis, com (alguma) ligação gastronómica. Serviram, por vezes, como limpa boca. Os aromas, e aqui entre nós, não eram desprezíveis, com subtileza aqui ou acolá.


3 comentários:

sinnercitizen disse...

Caro Pingus, concordo inteiramente. Ainda existe muito "emproado" que gosta de mostrar grandes relíquias nos blogs ou coisa do género. Mas os vinhos em questão, não são desconhecidos, pelo menos para mim. O Saint-Emillion é muito mauzinho e o Pinot, é bom, para abertura de hostilidades á mesa. O meu favorito, é mesmo, um Chardonnay, sempre com 2 ou 3 anos de estágio, que é o mais interessante.

Pingus Vinicus disse...

E de vinhos que ninguém irá encontrar.

Dentro da selecção club expert ou expert club, existe um CT que não é nada desprezível.

Copo de Salto Alto disse...

"Taí" uma coisa que não entendo ( a par da minha "reclamação" sobre os produtores no penúltimo post): o tal exibisionismo de trazer por casa e que não interessa a ninguém, exceptuando o mesmo. Eu gosto de serviço público, gosto de boas relações qualidade-preço, bons preços e novidades que valem a pena...E tenho dito!!! :)