quarta-feira, maio 16, 2012

Nada

Por que raios, ninguém ainda pensou em baptizar um vinho, de uma região qualquer, com o nome de Nada? Seria o vinho perfeito para dias sem ideias, sem conversas, sem namoros, sem discussões.

Simplesmente bebia-se um ou mais copos de Nada, Colheita ou Reserva, em dias em que nada acontece ou aconteceu. Perfeito, portanto, para momentos sem coisa nenhuma para dizer e fazer. Nem tolices. Apenas Nada até o copo ficar sem nada.

7 comentários:

Pingus Vinicus disse...

Ou para dias em que se está à espera!

Nuno disse...

Esse vinho podia ser bebido sempre por aqueles que nada dizem mas que estão sempre nas discussões irritantes criadas por eles próprios.

Pingus Vinicus disse...

Sem dúvida, também, perfeito para essas ocasiões.

Hugo Mendes disse...

ou para dar resposta ao médico.
o que tem andado a beber?
Nada!
Muito bom!

Pingus Vinicus disse...

Ou chegar a casa e quando questionado pela mulher: "O que bebeste?" Nada! ;)

Anónimo disse...

Tão engraçado, é nisto que dá não ter "Nada" para fazer nem dizer, brinquemos então, tal como nós à sempre quem ache Muito bom!;)

Pingus Vinicus disse...

Estimado anónimo, a brincadeira felizmente é necessária.