sábado, Maio 12, 2012

Encruzado by Quinta do Cerrado

Não é membro da primeira linha de Encruzados idealizados no Dão. Curiosamente, ou não, parece ser ou estar relegado para segundo plano. Incompreensível!


Talvez, quem sabe, por ser de fácil acesso em superfícies de grande dimensão. Coisa que poderá tirar algum pedigree.


É vinho personalizado, cheio de tensão, vibrante e a indiciar capacidade para aguentar a velhice. Antes de ir, apraz dizer que o rótulo merecia e devia levar uma mexida valente. Anda ali entre o moderno e o clássico. Algo confuso. Tirando isso, é para comprar e sem receios.

2 comentários:

Pedro Sousa P.T. disse...

É isso mesmo amigo Pingus!!!
Grande branco, grande casta!!!

Abraço

Raul Sousa Carvalho disse...

E os brancos desta casa envelhecem muito bem...