sábado, janeiro 09, 2010

Razões e mais algumas

Durante estes dias que acabaram de encerrar surgiram no meio na mona um conjunto de articulados que passo a citar do alto da minha tribuna.

Não existe qualquer pretensão pessoal em ser um fazedor de opinião mais ou menos famoso.
Não ambiciono ser convidado para escrever num qualquer escaparate. O Pingas no Copo já dá muito trabalho.
Raramente tenho tempo para andar em provas, eventos e ajuntamentos. Coisas da vida.
Não tenho como estratégia definida, solicitar amostras. Assim continuarei.

Aprecio a rede de blog portugueses. Estabelecemos, na maior parte, uma forte malha de amizade. Sinto que pertenço ao grupo. É um instrumento de comunicação entre todos.
Gosto de brincar aos críticos e pensar que a minha palavra influência este mundo e o outro.
Divirto-me imenso com o que descaradamente escrevo e gosto imenso desta brincadeira.
Os meus amigos levam-me a sério. É bom ser o rei da rua.

Epílogo

Posto isto, esclareço que as amostras de vinho que, eventualmente, possa receber (para o Pingas no Copo) não serão classificadas. Terão direito, apenas, a um texto opinativo.
Vinhos provados em eventos e similares, por razões óbvias não terão, também, classificação pessoal.
Estas alterações não trarão qualquer impacto no mundo da crítica enófila, mas servem, acima de tudo e de todos, para manter inflamada a forma desbragada e libertina com que ando no meio da coisa.

E venha o vinho e mais blogs.

13 comentários:

Joel de Sousa Carvalho disse...

Rui, good post (tipicamente teu ;) ). A "malha de amizade", concordo plenamente contigo e acho bem proveitosa.

Um abraço

AJS disse...

GRANDE. Não esperava outra coisa de ti.

Copo de 3 disse...

Ó Pingas, falas falas mas os vinhos que provares aqui em minha casa é para levarem nota e irem para o blog. É que isto aqui não é nenhum evento ou similar... se bem que por vezes o possa parecer tal são as paradas de garrafas pela mesa, hehe.

Portanto é favor continuar a trazer o caderninho como é costume da sua parte.

PS: Andas é na moenga sem vontade prá retoiça... isso para a semana já te passa.

Joel de Sousa Carvalho disse...

Mai nada...

Pingus Vinicus disse...

Ó Copo de 3 é claro que nos nossos encontros, tanto na minha casa como na tua, o caderninho de apontamentos vai estar presente e os vinhos serão classificados. Não são feiras! ehehe

Aliás, são momentos de crítica dura e pura.

Copo de 3 disse...

Hehe, Rui a falares assim já te reconheço. Grande abraço e prá semana temos de levar não um caderno mas mais um dossier para anotar tudo.

Rui Lourenço Pereira disse...

Existe um famoso crítico de vinhos que leva o seu "caderninho" para tudo quanto é lado. Tira apontamentos de tudo o que bebe e não bebe. Agora relativamente aquilo que ele publica já é mais selectivo. Qualquer um de nós pode toma nota daquilo que quiser quando prova um vinho, pode é não escrever tudo ou nada sobre o mesmo. Já agora, para quando mais um "combíbio"?

Hugo Mendes disse...

Caro,
fiel e honesto, acima de tudo, contigo mesmo! É isso que conta!
este teu post, revela contudo, uma maturidade que seria muito util se... continuasses a mandar notas. mas compreendo os teus argomentos e respeito-os, claro!
Um Grande abraço e feliz 2010!

Pingus Vinicus disse...

Hugo, obrigado pela consideração em relação à minha pessoa.

As notas, as classificações irão surgir com toda a certeza. Não as abandonei e nem estou a pensar fazê-lo. Irei usá-las em vinhos que não resultaram do envio de amostras para o Pingas no Copo.

Parece-me, ser o mais adequado ao papel, de amador, que desempenho no meio enófilo.

Antonio Madeira disse...

Ola Rui Miguel,

Saudo o teu regresso!
Ja tava com saudades de te ler.

Abraço

PS: a foto do blog nao é a Nespereira?

Pingus Vinicus disse...

Olá António. É Nespereira, sim senhor!

Um abraço e obrigado!

Pedro Sousa P.T. disse...

... e se te enviarem muitas garrafinhas, é melhor, do que dares notas, partilhares com a malta!!!

:)

Abraço

Pratas disse...

Palmas Pingus! Estou 100% de acordo com a tua filosofia. Boas provas.