segunda-feira, Junho 30, 2008

Fiuza Três Castas (branco) 2007


Ribatejo. Custou-me qualquer coisa como 3.80€. Foi mais uma investida em brancos de grande tiragem. Desta vez, optei pelo Fiuza Três Castas (branco) de 2007.
Os aromas pareceram-me, desde a primeira gota até à última, pouco intensos, meio planos. Isto é, estava à espera de algo mais vibrante, com mais nervo. Caramba, tinha ali um branquinho de colheita recente com a obrigação de transmitir frescura. De refrescar.

No entanto, este vinho branco passou a vida um pouco perdido no meio do copo. Vinho sério? Ou vinho descontraído? De qualquer modo, os cheiros eram dominados pela maçã (aquela de cor amarela), pelo vegetal, pelo limão e pela lima. Tudo numa intensidade muito mediana, com demasiada descrição.

O sabor voltava a insistir naquele lado mais plano, meio morno, com sensações vegetais a dominarem e sem criarem nada de muito interessante. Nota Pessoal: 12

Post Scriptum: Em súmula, para o prazer que deu, foi um vinho caro.
Para não fugir à regra, serviu para acompanhar uma salada tendencialmente verde.

1 comentário:

Campino da Leziria disse...

Os barretes não são típicos do Ribatejo ?